Há vagas, mas faltam pessoas qualificadas.

Há vagas, mas faltam pessoas qualificadas.

As constantes mudanças da tecnologia e a evolução do mercado de TI( Tecnologia da Informação) exigem um desenvolvimento contínuo dos profissionais, definindo um novo perfil para os profissionais do futuro.Com a diversidade tecnológica, a necessidade de mão-de-obra qualificada é fator fundamental para o sucesso dos projetos de TI. Na prática, isto significa que a especialização em áreas ligadas à informática aumenta as oportunidades de trabalho.

Além do conhecimento em softwares e programação, hoje fazem parte das competências desse novo profissional habilidades como inovação, liderança, criatividade, trabalho em equipe e comunicação.

Mas então por que qualificação é o maior problema do mercado de trabalho de TI?

As exigências de qualificações ou até mesmo a falta de profissionais no mercado de TI fazem com que as empresas tenham dificuldade para preencher vagas muitas vezes consideradas estratégicas. Segundo alguns especialistas, para atuar nesta área o conhecimento técnico é essencial. Na atualidade fica claro que a formação de mão de obra qualificada não acompanha o crescimento do setor de TI.Outro elemento importante nesta área é que este mercado exige a aprendizagem contínua por parte dos profissionais.Neste contexto os profissionais que não se capacitamdeixam a desejar e não estão aptos para atender às necessidades mercado de trabalho de forma satisfatória.

O mercado de TI é o que mais sobra vagas
O mercado tem reconhecido bem o profissional de TI, mas exige cada vez mais qualificação, portanto quem investe em cursos para adquirir conhecimento abrangente da área acaba saindo na frente.Salários atraentes, muitas vagas no mercado e a possibilidade de crescimento na carreira. Mesmo com todos esses atrativos, o setor de TI vem sofrendo com a escassez de profissionais qualificados para ocupar os postos de trabalho oferecidos.

Como mostrado no portal Gazeta Online, em uma pesquisa feita no ano passado, o mercado de TI é o que mais sobra vagas, devido à falta de qualificação da maioria dos candidatos. E segundo pesquisas, esse ano a coisa não foi muito diferente não se fala muito em curso superiores, lógico que isso valoriza o profissional, em alguns casos o candidato é mais bem remunerado, porém muitos cargos são exigidos especialização técnica. Como nos caso de profissionais de Analistas de Infraestrutura, gerenciadores de redes, analistas de sistemas e programadores. Especializações em áreas específicas são bastante requisitadas como desenvolvedor mobile, programador Java, gerenciador de redes corporativas.O bom profissional não para de se especializar. Formação técnica é um grande passo para a caminhada na carreira de TI, e a formação continuada e especializações são a grande chave para o sucesso profissional.

Compartilhar

Comments (3)

  • Horácio Ragonezi Reply

    O profissional de qualquer área deve sempre buscar se qualificar, na área de TI ainda mais em virtude das constantes inovações e exigências. Uma coisa que discordo muito das empresas é quererem contratar um ÚNICO profissional para fazer o serviço de CINCO. Acompanhando o mercado de trabalho vejo algumas empresas que anunciam vaga para programador PHP, mas que conheça java, delphi, redes, manutenção de computador, BD Oracle, MySql, Cobit, Itil etc. Por isso algumas empresas não encontram profissional “qualificado” e ficam prorrogando a vaga sempre. Infelizmente é uma realidade de nós profissionais na área, além de nos especializarmos temos que saber de tudo um pouco.

    Parabéns pela matéria!

    29 de outubro de 2014 at 10:39
    • Caio Vinicius Reply

      Olá Horácio, tudo bem? Obrigado pelo comentário e continue lendo nosso blog. Como toda profissão tem seus altos e baixos. Mas o que realmente vemos é fato de o mercado buscar cada vez mais profissionais “poliglotas” em linguagens de programação. Quando mais preparado o profissional estiver melhor, mas isso leva para um lado em que o profissional fica sem foco, e sabemos o quanto é difícil ser especialista em uma linguagem, imagina em várias. Obrigado, saúde e sucesso.

      29 de outubro de 2014 at 13:48
  • claudio santos Reply

    o existe problema em executar tais procedimentos quando o profissional é qualificado! o problema está na remuneração e nas condições de trabalho e no modelo de contratação. um bom profissional pode estar em vários lugares quando se aplica o físico -físico.: o físico -logico; o logico físico e o logico logico

    1 de junho de 2017 at 08:34

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Cadastre seu email

Quero Receber Novidades, Ofertas e Vagas de empregos